FERNANDO PRESTES 2001-2018
Reforma, pintura e aparelhamento das escolas de Fernando Prestes

Publicado em 20/03/2019 as 6h

A Prefeitura Municipal de Fernando Prestes está realizando através da Secretaria Municipal da Educação e Cultura amplas melhorias nas unidades de ensino do município como pinturas internas e externas, construções, ampliações, aquisição de materiais didáticos e pedagógicos. Nesta edição será divulgado o que foi feito na Escola Municipal de Ensino Básico “Profª Sophia de Atayde Pedrassoli”. As demais unidades serão mostradas nas próximas edições deste jornal.

 

A escola municipal “Sophia” está sediada em um prédio que até 2016 pertencia ao Estado de São Paulo e funcionava concomitantemente com a escola estadual “Fransalei”. Em 2016 a escola estadual ganhou um prédio novo e o espaço atual ficou a cargo do município. Desde o início da gestão municipal do prefeito Bento Luchetti Junior, a escola vem recebendo investimentos tanto no aspectos físico como nos pedagógicos. Mas neste ano de 2019 a escola mudou e muito.

 

A sala de leitura foi totalmente reformada e minuciosamente preparada para que os alunos desfrutem de todo conforto possível quando está realizando suas pesquisas. A sala está dotada com diversas mesas de leitura, biblioteca, ar condicionado e até poltronas para relaxar no intervalo dos trabalhos.

 

Também recebeu melhorias a sala de informática com aparelhamento de novos equipamentos e Imobiliário e ainda acesso à internet banda larga. Os laboratórios de ciências e artes também foram contemplados com novos materiais pedagógicos, pintura e equipamentos para que os alunos possam realizar suas experiências. A quadra esportiva recebeu pintura de solo e reparos em sua estrutura.

 

A diretora da unidade Fabiana Afonso Pastori disse que durante o ano de 2018 ela conseguiu adquirir 12 aparelhos de ar-condicionado e agora estes equipamentos foram instalados em salas de aulas e outros espaços.

 

Fabiana salienta que é necessário um maior engajamento das famílias e até mesmo da sociedade na educação dos jovens. “Não adianta termos bons professores boas acomodações se não houver interesse dos alunos e da sociedade na qualidade da educação” concluiu a diretora.