FERNANDO PRESTES 2001-2018
Luan Banner Jornal.jpg
Mochilando pelo Brasil e fazendo o bem

Publicado em 03/08/2019 as 9h20

Conheça historia de Luan Cassadanta, 28 anos, natural de Agulha, que esta mochilando pelo Brasil há mais de um ano. Um sonho que muitos compartilham mas falta coragem para se aventurar. 
Sua história começou na cidade do Rio de Janeiro seguiu para o Nordeste Brasileiro. Sua meta era chegar ao Estado do Amazonas, onde tinha como objetivo imergir em um trabalho voluntário na cidade de Itacoatiara, em uma escolinha local interagindo com os alunos. Ele acaba de finalizar essa missão. 

 

Durante o caminho tiveram varias outras surpresas surgiram outros trabalhos voluntários incluindo visitas em orfanatos. No seu aniversário na estrada, Luan fez sua comemoração de um jeito diferente. O jovem se juntou com amigos que conheceu pelo caminho e levantaram uma grana, por meio de uma vaquinha. Comemorou seus 28 anos numa comunidade em Belém com mais de 80 crianças com personagens infantis e decoração temática. Tudo o que uma boa festa infantil tem direto. Luan disse que nunca teve uma festa de aniversario como essa. 
 

Ele viaja por meio de caronas fica em casas de desconhecidos e faz diferentes trabalhos pra seguir sua trajetória, desde vender bolos de pote a sacolé na praia. Também trabalhou como garçom, cardapiador, serviços gerais em hostels. Se arriscou vendendo artesanatos e em cada cidade ele tenta se adaptar para fazer dinheiro e seguir em frente. 
Conheceu 23 estados do Brasil e exalta cada estado com seu diferencial, beleza natural e suas recepções únicas. Algumas cidades aonde chega não tem onde ficar, mas sempre acaba conhecendo pessoas que o convida para um café e cativando com sua história oferecem hospedagem por dias nas próprias casas. 

 

Nessas andanças já fez varias famílias e guarda cada uma delas em um cantinho no seu coração. Luan está tentando conhecer o máximo de cada estado, desde do interior ate o Litoral e consequentemente acaba conhecendo muitas gente e tenta passar um aprendizado para cada uma delas. Ele contou que ajudou muitas pessoas, sentou com moradores de rua para poder ouvi-los e mesmo nessa situação de pouca grana, acaba dividindo suas refeições com essas pessoas.
 

Foram meses de preparação e ansiedade para largar o emprego, o conforto do seu lar e o aconchego de todos que ama para sair para o mundo, mas ele criou coragem e preparou o seu psicológico para esta aventura. 
 

Ele tenta ensinar além dos bens materiais as pessoas precisam de algo mais. É preciso de mais momentos de felicidade, mais histórias e aventuras. Conta como esse Brasil é enorme e lindo. “Que estamos aqui de passagem e uma hora podemos não estar mais e afinal o teremos feito de nossas vidas? Então aproveite, crie coragem e corra atrás de seu sonho, viva, ame e curta cada momento” disse . 
 

“Hoje posso dizer uma coisa, eu sou totalmente grato por tudo que estou vivenciando, essa troca de cultura não tem preço, cada dia é um aprendizado. Com certeza voltarei outra pessoa” concluiu Luan.

 

Ele compartilha todas suas histórias e dá dicas incríveis de viagem no seu instagram (@luancassadanta). Lá ele tenta nos explicar como chegar em todos os cantos do Brasil e o melhor: fazer isso gastando pouco.