FERNANDO PRESTES 2001-2018
Paróquia De Santa Luzia completa 100 anos de existência

Publicado em 30/05/2019 as 10h

Em 25/05, a Paróquia de Santa Luzia festejou os 100 anos de instalação. O pároco Pe. Eliel Moreira ajustou um cronograma para este ano do centenário com várias atividades que estão ocorrendo neste 2019, no entanto no  último sábado foi a data principal.

Pela manhã houve a reza de 100 ave-marias transmitidas pelos alto-falantes da torre da Igreja Matriz. Em seguida às 12h o sino da igreja badalou por 100 vezes.

As 18h30 com a presença de dom Eduardo Pinheiro da Silva  bispo da Diocese de Jaboticabal, autoridades locais, paroquianos e visitantes foi inaugurado o Monumento do Centenário, constituído por um pórtico com a imagem de Santa Luzia em azulejos. As 19h Missa Solene presidida pelo bispo.

Para fechar o sábado teve festa e quermesse em louvor Santo Isidro, comemorado anualmente pelos fiéis católicos e principalmente lavradores de quem o santo é patrono.

 

Algumas curiosidades deste século

 

A paróquia de Santa Luzia de Fernando Prestes foi criada no dia 25 de Maio de 1919, pelo bispo Dom José Marcondes Homem de Mello, arcebispo e bispo da Diocese de São Carlos. A paróquia de Santa Luzia foi desmembrada da paróquia de Jurema (Jurupema) e recebeu como primeiro pároco o  padre  Luiz Prícoli.

 

No dia 1º de Maio de 1927 foi lançada a pedra funda mental da nova Igreja Matriz (a Atual). No ano de 1958 no dia 12 de maio a paróquia de Santa Luzia de Fernando Prestes passa a pertencer a diocese de Jaboticabal.

 

Em 2 de abril de 1967 toma posse da paróquia o Pe João Biagioni, a missão do Pe João foi organizar todo o patrimônio paroquial que estava em descontrole econômico.
No ano de 1969 Dom José Varani vem a paróquia fazer uma nova visita pastoral e celebrar os 50º aniversario de fundação da paróquia, e por essa ocasião já nomeia o Frei Angelo Charântola como novo pároco da paróquia de Santa Luzia de Fernando Prestes. Frei Angelo foi o pároco que mais tempo ficou em Fernando Prestes, deixando o cargo em 1983. O religioso adotou Fernando Prestes como sua cidade, tanto que seus restos mortais estão sepultados no cemitério local.

 

Os doadores do Terreno da Igreja Santa Luzia foram José Agustoni e Judith Magni. Em 1919  ocorreu a compra da primeira Casa Paroquial, de Antônio Luiz Almeida. Os doadores do terreno da Capela São Benedito foram Luiz Moreira da Cunha e sua mulher.

 

Dez Primeiros Batizados – 1919.

1-Olga Mendes Marques

2-Isaura Anjo de Souza

3-Manciva

4-Benedito Batista

5- Deolinda Martins

6  - Amélia Veleiro

7- Trindade Martins

8- Ângelo Biela

9 - Hirde Pagani

10 - Hermida Chirold

 

O atual pároco  Padre Eliel Donizethi Moreira é o 35º sacerdote que esteve frente a Paróquia de Santa Luzia.

A paróquia tem dois padres ordenados Antonio Carlos Molena e José Adalberto Salvini e um diácono Adhemar Pasquini Contrera. A festa patronal de Santa Luzia, atualmente acontece em 13 de dezembro. Em 1935 os festejos aconteceram em agosto. (Veja cartaz abaixo).

Cartaz da Festa de Santa Luzia de 1935 - Cedido à publicação por José Carlos Magalhães Pinto

1935 Cartaz Santa Luzia Site Trom.jpg