FERNANDO PRESTES 2001-2018
Homem morre afogado no Ribeirão dos Porcos em Agulha

Publicado em 24/03/2019 as 21h30

O ajudante geral Vanderson  da Luz de 34 anos residente no distrito de Agulha morreu afogado no Ribeirão dos Porcos  hoje por volta das 6h. O local fica na divisa entre os municípios de Fernando Prestes e Taquaritinga em área rural do distrito de Agulha. Hoje a propriedade que margeia o ribeirão nas imediações do local do afogamento pertence a Companhia Agrícola Colombo.

 

Conforme dados preliminares de policiais militares que compareceram no local, a vitima estava com mais três pessoas, todos moradores de Agulha, acampados  num rancho nas proximidades do rio e ao acordar pela manhã resolveu ir nadar junto com um companheiro de acampamento.

 

Ainda segundo relato dos policiais que falaram com as testemunhas, uma delas presenciou o fato. Vanderson após ter entrado na agua deu algumas braçadas e depois afundou. Vendo que o companheiro não voltava a tona a testemunha chamou os demais e pediram socorro.

 

Após algumas buscas nas margens e na água os amigos resolveram chamar a polícia acreditando que Vanderson teria se afogado. Os policiais militares chegaram ao local  por volta das 8h e em seguida acionaram os bombeiros de Taquaritinga. Durante a tarde os bombeiros realizaram buscas e encontraram o corpo da vitima por volta das 16h30. Peritos do Instituto de Criminalística de Jaboticabal compareceram no local com o intuito de periciar as imediações. O corpo de Vanderson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal onde será realizado exame necroscópico que determinará detalhes da morte

 

Wilson Palma e Marcos Piotto, cabos da Polícia Militar que acompanharam o resgate disse que Vanderson foi encontrado pelos bombeiros, cerca de 50 metros do local que entrou para nadar. Disseram  que o corpo da vitima estava submerso e só foi possível encontrá-lo com apoio de bombeiros mergulhadores de Araraquara.

 

Vanderson da Luz residia com a esposa e mais quatro filhos, todos menores, no distrito de Agulha onde trabalhava numa frutícola. Seu corpo será velado e sepultado no Cemitério Municipal de Agulha.