Jornal A Trombeta Fernando Prestes São Paulo Brasil
Fernando Prestes confeccionará "máscaras caseiras" para a população

Publicado em 08/04/2020 as 10h30

Por iniciativa da Prefeitura Municipal de Fernando Prestes e com a participação do Fundo Social de Solidariedade, das secretarias da Saúde e Assistência Social, voluntários e funcionários públicos estão sendo confeccionadas 10 mil máscaras caseiras que serão distribuídas à população.

 

O processo de confecção começou nesta terça-feira, 07/04, imediatamente após a chegada dos tecidos e insumos que foram adquiridos pelo Fundo Social de Solidariedade de Fernando Prestes. As máscaras em tecido tricoline 100% algodão serão cortadas e em seguida encaminhas às costureiras voluntárias para costura e finalização.

 

Segundo Daniela Godoy Luchetti ainda não tem uma data prevista para a distribuição das máscaras, “mas pretendemos fazer isso o mais rápido possível” disse a primeira dama. Quem tiver disponibilidade e queira ser voluntária na confecção das máscaras favor entrar em contato com a assistente social Izabela Manjerão pelo fone (16) 9 9705-3516.

 

O uso de máscaras caseiras foi incentivado pelo Ministério da Saúde. Para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém. As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

 

Próprio ministro da Saúde  Luiz Henrique Mandetta  disse  que “máscaras de pano para uso comunitário funcionam muito bem e não são caras de fazer. Porque, agora, é lutar com as armas que a gente tem. Não adianta a gente lamentar que a China não está produzindo. Vamos ter que criar as nossas armas, e elas serão aquelas que nós tivermos”, completou Mandetta.

 

Dicas do Ministério da Saúde de como fazer e usar máscaras caseiras de pano

 

Em primeiro lugar, é preciso dizer que a máscara é individual. Não pode ser dividida com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa etc. Então se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras;

 

A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano;

Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face;

 

Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;

 

Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar;

 

Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária. Deixe de molho por cerca de dez minutos;

 

Para cumprir essa missão de proteção contra o coronavírus, serve qualquer pedaço de tecido, vale desmanchar aquela camisa velha, calça antiga, cueca, cortina, o que for.

 

Conteúdo de apoio extraído de https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46645-mascaras-caseiras-podem-ajudar-na-prevencao-contra-o-coronavirus